Telefone

Atendimento 24h (19) 3090-2345

Social

Criança de 6 anos se mobiliza para comprar respirador a pacientes com coronavírus

O bom samaritano: aquele que se preocupa, pensa no próximo e cuida de alguém com quem nunca teve uma ligação. O bom samaritano moderno também existe, mas com uma diferença, em relação ao relato bíblico, o personagem de 2020 tem apenas 6 anos de idade.
Enzo Tapetti é morador de Artur Nogueira e decidiu ajudar no combate ao coronavírus, à sua própria maneira: vendendo sucos na frente de sua casa. A ideia surgiu a partir de uma reportagem que a criança assistiu e logo, se solidarizou com a situação. Marina Tapetti, sua mãe, conta sobre o momento em que o filho fez a tão nobre proposta: “Todo dia, ele prepara o suco em casa. O Enzo tem sempre uma ideia diferente. Nesse dia, ele falou assim ‘mãe, tive uma ideia! Vou vender o suco para ajudar os médicos aqui da cidade’. Eu falei, ‘mas, por quê?’, ‘pra ajudar acabar com o coronavírus’”.
A reação de seus pais, pelo propósito tão benevolente do garoto, foi de admiração e emoção. Enzo já tinha seu alvo: R$100,00. “Ele pediu pro pai dele descer as coisas do sótão, que era a cadeirinha, era a mesinha, pra ele vender; ele que escreveu o cartaz e a gente só incentivou”, acrescenta, Marina.
Mesmo com tão pouca idade, Enzo já tinha em sua mente que o valor arrecadado seria para a compra de um respirador. Segundo ele, muitos de seus amiguinhos ajudaram no cumprimento de seu objetivo, comprando diversos sabores de sucos: “No primeiro dia, o suco era de morango e maracujá. No segundo dia, foi de uva e de limão. Aí, no último dia, foi de uva e maracujá.”, ressalta o pequeno.
Após seu alvo ser alcançado, Marina teve mais uma surpresa: Enzo não queria fazer um depósito em conta bancária, queria entregar diretamente ao médico do Hospital Bom Samaritano (HBS). Quando a equipe do hospital recebeu a notícia, todos ficaram muitos comovidos e convidaram Enzo para uma linda experiência com o Dr. Zildomar Deucher, presidente do HBS.
“Em mais de 60 anos de medicina, nunca teve uma criança que tenha tido uma ideia assim, tão brilhante, tão comovedora, de economizar, vender suco, e juntar o dinheiro com responsabilidade para comprar um instrumento médico e salvador de vidas. É extraordinário, tanto que quando eu soube da história, eu confesso que, falando pra minha esposa, a gente se emocionou.”, destacou, Dr. Zildomar.
Na quarta-feira, 29 de julho, Enzo foi convidado, juntamente com sua mãe, a ir até o HBS, mantendo todas as medidas preventivas, para fazer a entrega do dinheiro e conhecer o respirador que ajudou a pagar. A criança foi recebida pelo Dr. Zildomar Deucher e ainda pôde andar de ambulância pela primeira vez em sua vida.
Mudar o mundo pode ser difícil, mas o exemplo de Enzo mostra que é possível mudar a sociedade ao seu redor. “Eu me lembrei muito das histórias de Jesus também, quando os discípulos, questionaram as criancinhas que vieram abraçá-lo, ele disse: ‘deixai vir a mim as crianças, porque delas é o reino dos céus’. E então, eu pensei ‘puxa, realmente a criança é um ser puro’, e oxalá o exemplo de Enzo, frutifique e que o nosso povo aprenda que realmente um hospital é uma coisa que necessita ajuda de muita gente!”, conclui, Dr. Zildomar.
A relação tripla: Enzo, Hospital Bom Samaritano e relatos bíblicos são diversas. Ser um bom samaritano começa em sua casa, lutando para salvar a vida de outros ou mesmo em um Hospital, dando atenção à pureza de uma criancinha. E quanto a isso, sua mãe finaliza: “Eu fiquei muito emocionada, de verdade, porque eu não esperava que vocês fossem fazer isso pelo meu filho. Vocês pegaram o sonho dele e transformaram em realidade e eu fiquei emocionada de verdade, porque, quem faz isso por uma criança, gente? Eu não esperava isso, eu não tenho palavras pra agradecer vocês, gente, do fundo do coração”.

Conheça mais o Hospital Bom Samaritano